Isabel Mesquita é natural da Ilha de Sta. Maria e sente-se uma cidadã do mundo.

A sua experiência no mundo da música começou na ilha onde nasceu, onde na altura não existiam escolas de música ou conservatórios. Bebendo da influência do atlântico e inspirações da lusofonia, procurou workshops esporádicos que lhe deram acesso à sua formação musical inicial e que posteriormente a incentivaram a estudar voz e guitarra em Lisboa.

Compôs 10 canções que integram o seu primeiro disco, "Ilhéu", com poemas da sua autoria, mas também de Natália Correia, Florbela Espanca, Paulo Ramalho e Daniel Gonçalves.

Em viagens a Cabo Verde, Nova Iorque, Cuba, Panamá e Espanha participou em workshops, palestras, concertos e jam sessions que a inspiraram a concretizar projetos como o "Anticiclone".

Atualmente está a fazer uma tour que leva o seu disco "Ilhéu" às 9 ilhas dos Açores.